Banner Topo

Página inicial Home

Área do Associado            

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Colunas

Rosana Grinberg

Diretora Presidente da ADECON-PE


Que País é este?

Publicado em: 04/04/2016

Pela situação atual que o Brasil está passando, vejo a necessidade de republicar esse artigo que foi divulgado no Jornal Diário de Pernambuco, em 2001, pois as circunstâncias são semelhantes, o que as diferenciam são os personagens de cada momento, ou seja, a história está se repetindo.

"QUE PAÍS É ESTE?"

Em 5 de maio de 1988, o médico e articulista José Grinberg, com muito orgulho, meu pai, publicou um artigo neste DIÁRIO DE PERNAMBUCO, intitulado “Que País é este?”. Hoje, peço a vênia a ele, para, expressando-me da mesma forma, perguntar: que País é este onde dois senadores violam desavergonhadamente o painel de votação, mentem descaradamente para a Nação, e ainda se discute se devem ou não ser cassados, tendo em vista os relevantes serviços prestados ao País?

Que País é este onde o seu dirigente máximo, utilizando-se de um expediente aético, pressiona, com dinheiro da Nação, num verdadeiro “show do milhão”, e “convencendo” deputados e senadores, aborta a instauração da CPI da Corrupção? Que País é este onde o que prejudica a Nação não é cometer o crime, mas apurá-lo e punir os infratores?

Que País é este onde sob a alegação de cumprimento da Constituição, tomam-se medidas para proteger a imagem dos criminosos, gastam-se tempo e dinheiro com eventos, conferências e palestras, buscando-se dar “mais conforto e dignidade” ao criminoso, mas não se cumpre a Constituição para proteger e garantir os direitos fundamentais e inalienáveis das vítimas, das famílias das vítimas, do cidadão?

Que País é este onde as entidades de proteção à infância e à adolescência, em vez de se preocuparem com a criança que poderá, no futuro, defender a Nação, tentam derrubar o projeto de lei que diminui a maioridade de 18 para 16 anos? Qual o adolescente de 16 anos, nos tempos atuais, que não tem plena consciência dos seus atos? Como se combater a violência e a criminalidade crescentes, se essas “crianças” têm a certeza absoluta de que podem matar, estuprar, roubar e cometer as maiores atrocidades, porque não responderão pelos seus crimes?

Que País é este onde o cidadão entra com uma ação na Justiça e espera mais de um ano por um simples despacho, mandando citar a parte contrária? Ou se torna vítima de arbitrariedades, tem os seus processos “engavetados” pelas mais variadas razões, porque alguns magistrados esquecem-se do seu dever de imparcialidade, celeridade, humildade e justiça? Alguém duvida que isto também é uma forma de violência contra o cidadão?

Que País é este onde o Governo comete erros, não faz os investimentos necessários, “entrega” suas empresas concessionárias aos estrangeiros, sem a contrapartida do indispensável investimento, e agora, o seu presidente, alegando “surpresa” (que só ele mesmo acredita!), invade a privacidade das famílias brasileiras e obriga-as a diminuir o consumo de energia? E ai de quem não cumprir as medidas antidemocráticas, inconstitucionais e ilegais, porque a punição é maior do que a que se aplica ao criminoso comum: não apenas uma, mas três: multa, corte e redução do consumo!

Que País é este onde o Governo rasga e transgride todas as normas, inclusive a Constituição Federal, cria, na verdade, um novo imposto, confisca o patrimônio do cidadão, sacrifica a sociedade, principalmente a classe média, sem aumento há mais de sete anos, e o povo assiste a tudo isso, paralisado, como que anestesiado, aceita o castigo como se tivesse cometido o crime, como se merecesse as “chicotadas” que está recebendo?


Confira abaixo outros textos deste colunista

» Respeito à cidadania

» Via crucis

» Fornecer produto ou serviço sem solicitação prévia viola a lei

» Companhias aéreas têm de indenizar danos

» Falta de peças de reposição: angústia e sofrimento para os consumidores

» O GOLPE DAS LISTAS TELEFÔNICAS

» FILAS DE BANCO

» Anvisa, fabricantes de alimentos e bebidas e empresas de publicidade

» Cobrança de tarifa para liquidação antecipada

» As contas e a greve dos correios

» Novas regras para o SAC

» CIDADE SEM LEI

FNECDC

Linha Grossa

Tarja Coluna

Linha Fina

Lorena Grinberg
CUIDADOS COM AS COMPRAS COLETIVAS


Linha Grossa

Tarja Coluna

Linha Fina

José Carlos Barbosa
Sem o videogame, mas com a alma lavada


Linha Grossa

TV ADECCON

DIREITO DO CONSUMIDOR INADIMPLENTE

Linha Grossa

NEWSLETTER

Preencha os campos abaixo para ficar sempre informado sobre nossas novidades.

Nome:

E-mail:

Linha Grossa

Tarja Coluna

Você já foi vítima de cobrança abusiva pelas operadoras de telefonia celular?

Sim

Não

Rua do Riachuelo, 105 - Sala: 219 - Ed. Círculo Católico - Boa Vista, Recife-PE | Fone: (81) 3222.6066 / 3034.6056
Copyright © 2006 - ADECCON. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Artini Lemos